Economia aquecida requer mão de obra qualificada na Região Oeste do Paraná

Foto de: Divulgação

Com o mercado de trabalho aquecido, aumenta a busca por profissionais que atendam a demanda de mão de obra na Região Oeste. Conseguir emprego ou profissionais qualificados para determinadas vagas de uma empresa podem não ser tarefas fáceis. De um lado, está o profissional que precisa da vaga, do outro o empregador que tem a oferta, mas que nem sempre é preenchida. “Na nossa Região tem muita vaga bem remunerada, mas muitas vezes não encontramos as pessoas porque falta estudo ou experiência. Muitas vezes existe um desencontro entre o que o candidato tem e o que a empresa precisa e saber onde buscar esses profissionais, torna o trabalho do recrutador qualificado ainda mais importante”, explica Sara Donaduzzi Siqueira, sócia-proprietária da Folks RH.

Continue a leitura depois do anuncio.
$ads={2}


Dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados em junho por meio do Ministério do Trabalho e Previdência, apontam que o Paraná alcançou 61.686 empregos com carteira assinada no período de janeiro a abril deste ano. Em Toledo, Oeste do Estado, no mesmo período, 2.160 pessoas foram contratadas. Para atender a demanda das vagas que precisam de profissionais qualificados, a Folks RH, empresa residente no Biopark, conta com a estrutura do Ecossistema, que por meio do Biopark Educação investe em ensino com uma metodologia ativa para desenvolver profissionais de excelência, com foco no mercado de trabalho; por meio da oferta de cursos curtos, cursos técnicos, de graduação e pós-graduação. “O Biopark atua para realmente solucionar o problema de uma forma mais duradoura. Principalmente na questão da Tecnologia da Informação (TI) está se investindo bastante. Então, é realmente formar esses desenvolvedores pelo menos no nível Junior, para que eles consigam entrar nas empresas e ter um mínimo do que precisam, para aumentar a sua experiência, o seu know how e chegar nas vagas que realmente são as que fazem falta”.

Nesta segunda-feira, 01 de agosto, a Folks RH completou dois anos de atividades e neste período foram realizadas cerca de 7,5 mil entrevistas, para 45 empresas atendidas, gerando 325 contratações, além de mais de 1150 pessoas avaliadas em processos seletivos para projetos do Biopark Educação. Para o futuro, com o objetivo de atender as demandas de empregabilidade da Região, a empresa deverá ampliar ainda para outras práticas de gestão de pessoas. “Começamos para ser uma empresa de gestão de pessoas e acabamos nos especializando na área de recrutamento e de processos seletivos. Mas, para o futuro, nossa intenção é de ir também para outras práticas de gestão de pessoas com pesquisa de clima, cargos e salários e desenvolvimento de pessoas por exemplo”, complementa Sara.

Folks RH – o início
Das dificuldades da pandemia, Sara Donaduzzi Siqueira e o esposo Vinicius Siqueira perceberam a demanda da Região e abriram a Folks RH. A empresa que surgiu por meio de um aconselhamento de carreira, iniciou com os dois sócios e cresceu no mercado. A Folks RH possui uma plataforma moderna de contratação e trabalha com as melhores empresas do Oeste do Estado. O objetivo é levar os melhores candidatos para as empresas que precisam de um novo talento para trajetórias de sucesso, de forma humanizada e ética. “Quando começamos, nós pensamos que demoraríamos seis meses para contratarmos alguém. Em menos de três meses já tínhamos um colaborador, logo depois, mais um e agora terminamos dois anos em 11 colaboradores conosco. Nosso objetivo era de fornecer um serviço de qualidade na área da gestão de pessoas, diferente do que se via nas práticas da Região. Não poderíamos sonhar com tudo que a gente fez em tão pouco tempo”, enfatiza Sara.

Adaptação para o mercado da Região 
No final de julho durante o 1º Primeiro Fórum Estratégico da Empregabilidade realizado pelo Programa Oeste em Desenvolvimento (POD), empresários, profissionais, lideranças e especialistas do Estado se reuniram para encontrar soluções para a escassez de mão de obra na Região Oeste. A previsão é de que até o final deste ano 12 mil novas vagas sejam abertas. Sara explica que a Folks RH trabalha lado a lado com os gestores para encontrar candidatos que permanecerão na empresa, auxiliando no crescimento dos clientes. “Atendemos desde vagas operacionais até gerencial, porém, a maioria das vagas é para analistas. A Região tem muito mercado e a gente nunca nasceu para ser uma empresa especializada de recrutamento e seleção. Foi por onde começamos, mas não é onde vamos ficar. Queremos ter uma carta bem completa na área de consultoria em gestão de pessoas feito com qualidade para atender o Oeste do Paraná”, finaliza Sara Donaduzzi Siqueira. 

Participe do nosso grupo no whatsapp: 
Receba as notícias em primeira mão!

Fonte: Assessoria
Postagem Anterior Próxima Postagem
original original original original
close