Geração de empregos em Toledo foi a maior do Paraná no 1º semestre

Foto de: Divulgação

Confirmando tendência apresentada desde o início do ano, os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados nesta quinta-feira (28) pelo Ministério do Trabalho e Previdência apontam Toledo como o município paranaense que, em termos proporcionais, mais gerou novos postos de trabalho no 1º semestre de 2022 em comparação a outras cidades do estado com mais de 100 mil habitantes. De janeiro a maio deste ano, 17.116 admissões e 14.422 desligamentos foram registrados, um saldo de 2.694 novos postos de trabalho.

Continue a leitura depois do anuncio.
$ads={2}


Este superávit representa que esta diferença foi de 18.886,05 para cada um milhão de habitantes, à frente de Araucária (16.899,89), Curitiba (13.653,21), Pinhais (11.851,07) e São José dos Pinhais (11.736,53). No cenário estadual, Toledo também destacou-se no crescimento do número de pessoas empregadas com carteira assinada nos cinco setores avaliados no levantamento (agropecuária, construção, comércio, indústria e serviços), passando de 51.617 para 54.311, um crescimento de 5,22%, a terceira maior média entre as 21 cidades paranaenses com mais de 100 mil habitantes, atrás de Araucária (6%) e Colombo (5,45%) e à frente de Campo Largo (4,70%) e Piraquara (4,18%).

Comparando este estoque ao número total de habitantes, a Capital Paranaense do Agronegócio tem a segunda maior proporção dentre os municípios analisados: 38,07%. Encontra-se atrás de Curitiba (38,31%) e à frente de Maringá (35,87%), Cascavel (32,49%) e São José dos Pinhais (30,96%). 

Em números absolutos, Toledo teve o 6º melhor saldo do Paraná, atrás somente de Curitiba (26.605), Maringá (4.212), Cascavel (3.882), São José dos Pinhais (3.862) e Londrina (3.374). Do superávit de 2.694 empregos obtido por Toledo nos seis primeiros meses de 2022, o setor de serviços foi o que mais contribuiu: 1.821 (6.757 admissões e 4.936 desligamentos). Em seguida, aparecem a construção, com 474 (1.777/1.303); a indústria, com 391 (4.721/4.330); e a agropecuária, com 28 (294/266). O comércio teve saldo negativo de 20 (3.567/3.587).

Junho
No sexto mês do ano, Toledo teve superávit de 48 novos postos de trabalho, registrando 2.468 admissões e 2.420 desligamentos. Este resultado foi impulsionado pelas empresas prestadoras de serviços (saldo de 55 – 887/832), construção (55 – 298/243) e comércio (19 – 598/579). Agropecuária (38/47) e indústria (647/719) registraram saldos negativos de 9 e 72, respectivamente.

Em números absolutos, Toledo obteve a 16ª posição num ranking cujas cinco primeiras posições ficaram com Curitiba (6.295), São José dos Pinhais (866), Londrina (769), Ponta Grossa (669) e Maringá (504). Proporcionalmente, a Capital Paranaense do Agronegócio obteve o 15º melhor desempenho do estado em junho: saldo de 336,50 empregos gerados para cada 1 milhão de habitantes – neste critério, os cinco melhores municípios do estado com mais de 100 mil moradores foram Curitiba (3.230,48), Araucária (2.667,32), São José dos Pinhais (2.631,75), Ponta Grossa (1.882,73) e Pinhais (1.340,92).

Agência do Trabalhador
Os bons resultados na geração de empregos em Toledo no primeiro semestre deste ano se devem a vários fatores. Um deles é a maior eficiência da Agência do Trabalhador no atendimento a pessoas que buscam encontrar ou melhorar sua posição no mercado laboral. 

De 1º de janeiro a 27 de julho, o órgão realizou 38.774 atendimentos, número 9,14% maior que o registrado em todo o ano passado. “O número de servidores aumentou de sete para 11, o que ampliou nossa capacidade operacional e permitiu que mais encaminhamentos de trabalhadores às empresas que anunciam vagas acontecessem”, relata o diretor do Departamento de Emprego e Relações de Trabalho, da Secretaria do Agronegócio, de Inovação, Turismo e Desenvolvimento Econômico (AgroDeseco) e gerente da Agência do Trabalhador de Toledo, Rodrigo Souza.

Participe do nosso grupo no whatsapp: 
Receba as notícias em primeira mão!

Fonte: Assessoria
Postagem Anterior Próxima Postagem
original original original original
close