Encontro de Corais de Toledo emociona o público e ganha novo nome

Foto de: Divulgação

O Teatro Municipal foi testemunha, no último sábado (2), de uma noite marcada pela pela emoção e por números de altíssima qualidade apresentados por 13 grupos vocais de que subiram ao palco do 18º Encontro de Corais de Toledo. Por não se tratar de uma mostra competitiva, todos venceram: coralistas, maestros e espectadores, que também aplaudiram a assinatura, pelo prefeito Beto Lunitti, do Decreto nº 516/2022.

Continue a leitura depois do anuncio.
$ads={2}
A partir daquele momento, o evento passou a se chamar “Encontro Municipal de Corais Professor Darcysio Fritsch”, uma “homenagem póstuma por sua dedicação e efetiva atuação nas áreas da educação e da cultura, em especial como professor de teoria musical e como maestro de corais” endossada pelo Conselho Municipal de Políticas Culturais. Idealizador do evento, ele faleceu em maio do ano passado, aos 82 anos de idade, em decorrência de complicações causadas por um acidente vascular cerebral (AVC), deixando um legado impressionante.

Darcysio foi, por 57 anos (54 na condição de maestro), integrante do Coral Cristo Rei, um dos mais tradicionais do Paraná, fundado em 15 de agosto de 1948. Além disso, atuou como professor por várias décadas de teoria musical da Casa da Cultura de Toledo, período em que contribuiu com a cultura toledana de muitas formas: uma delas, em 2010, na gravação de uma nova versão do hino do município. No âmbito religioso, esteve em evidência quando regeu o Coral Cristo Rei nas cerimônias de ordenação episcopal de Dom Anuar Battisti e Dom Irineu Roque Scherer (in memorian), em 1998, e na de Dom Odilo Pedro Scherer, em 2002 (ano em que recebeu o título de Cidadão Honorário de Toledo).  

Evento que faz parte da programação alusiva ao aniversário de 70 anos de emancipação político-administrativa do município, o Encontro de Corais teve ainda, entre quarta e sexta-feira (29 a 31/6) com oficinas de técnica vocal (com mestra em canto lírico Michele Coelho) e de prática de repertório (com o  maestro Anderson Ombrelino) para os públicos infantojuvenil e adulto. Cerca de 310 coralistas de 15 grupos participaram das atividades. 

A secretária da Cultura, Rosselane Giordani, destaca a importância do encontro para o fomento à linguagem do canto coral. “Nossa secretaria tem compromisso com esta expressão artística que faz parte das nossas raízes históricas e da nossa identidade cultural e isso se viu neste encerramento, com a presença de várias famílias que foram prestigiar tanto os corais mais renomados quanto aqueles que estão no começo de sua trajetória, que fizeram sua primeira apresentação durante o evento.  Enfim, foi um momento de celebração da cultura da história do nosso município e de um reconhecimento justo e merecido ao professor Darcysio que agora dá nome ao encontro de corais idealizado por ele”, avalia. 

Participe do nosso grupo no whatsapp: 
Receba as notícias em primeira mão!

Fonte: Assessoria
Postagem Anterior Próxima Postagem
original original original original original
close