Toledo é líder estadual per capita em geração de empregos no 1º quadrimestre

Foto de: Assessoria

Em termos proporcionais, Toledo obteve, no primeiro quadrimestre deste ano, o melhor resultado em geração de empregos formais entre os 21 municípios paranaenses com mais de 100 mil moradores. Segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados nesta segunda-feira (6) pelo Ministério do Trabalho e Previdência (MTP), houve, nos quatro primeiros meses deste ano, 11.812 admissões e 9.652 desligamentos na Capital Paranaense do Agronegócio, um saldo de 2.160 novos postos de trabalho ou 15.142,49 para cada 1 milhão de habitantes

Continue a leitura depois do anuncio.
$ads={2}
Neste quesito, o “Top Five” conta ainda com Araucária (14.123,13), Pinhais (10.060,68), Cascavel (8.729,20) e Curitiba (8.530,63). Em números absolutos, Toledo está na quinta posição, atrás de Curitiba (16.623), Maringá (3.027), Cascavel (2.901) e São José dos Pinhais (2.709).
 
Dos 1.610 novos empregos gerados em Toledo, 1.437 (4.767 admissões/3.330 desligamentos) foram gerados pelo setor de serviços, 390 (1.221/831) pelas empresas de construção, 380 (3.277/2.897) pelas indústrias, e 28 (203/175) pela agropecuária. O comércio teve saldo negativo de 75 (2.344/2.419).
 
Abril

No quarto mês de 2022, Toledo criou 79 novos empregos (2.327 admissões e 2.248 desligamentos), um saldo per capita de 553,82 novos postos de trabalho para cada 1 milhão de habitantes, o 15º maior entre municípios do Paraná com mais de 100 mil habitantes. Em números absolutos, Toledo ocupa a 16ª posição nesta lista. 
 
O setor da construção foi responsável por 60 (293 admissões/233 desligamentos) dos 79 novos postos de trabalho criados em abril no município. Os setores de comércio, serviços e agropecuária tiveram, respectivamente, superávit de 54 (572/518), 42 (807/765) e 9 (48/39). As indústrias demitiram mais do que contrataram: saldo negativo de 86 (607/693).
 
Agência do Trabalhador

Os resultados por Toledo obtido na geração de empregos nos quatro primeiros meses de 2022 só tendem a melhorar. Para se ter uma ideia, a unidade local da Agência do Trabalhador intermediou em maio a contratação de 391 pessoas, o segundo maior quantitativo de todo o Paraná, atrás de Pato Branco (413) e à frente de Cascavel (339), Umuarama (297) e Francisco Beltrão (285).
 
De janeiro a maio, o órgão já encaminhou 1.507 trabalhadores que foram admitidos por empresas do município. “Tudo indica que vamos superar em 2022 os números do ano passado, quando intermediamos a contratação de 2.198 pessoas, o qual já foi bastante expressivo, pois em 2020 apenas 541 encaminhamentos foram realizados”, avalia diretor de Políticas de Emprego e Relações do Trabalho da Secretaria do Agronegócio, de Inovação, Turismo e Desenvolvimento Econômico  e gerente da unidade local da Agência do Trabalhador, Rodrigo Souza. “Essa quebra de recorde se deve a uma mudança na metodologia de atendimento, o que inclui a implantação de um canal de interação via WhatsApp e o ‘Currículo Top’, uma plataforma que aumenta os níveis de empregabilidade do candidato e nos permite ter dados para encaminhá-lo para uma vaga que preenche o seu perfil”, pontua.

Curta nossa página no Facebook: 


Participe do nosso grupo no whatsapp: 
Envie sugestões de pautas e receba as notícias em primeira mão!

Fonte: Assessoria
Postagem Anterior Próxima Postagem
original original original original original
close