Biopark lança novo queijo fino com produção em Toledo

Foto de: Assessoria/

O Tomme Negro d´Oeste é o novo queijo que chega ao mercado por meio do Projeto de Queijos Finos do Biopark, dessa vez em parceria com a produtora Gelir Maria Giombelli, moradora da linha Itapuí, em Toledo. A inspiração francesa e a riqueza de sabores provenientes da matéria-prima regional, resultou em um produto único com notas lácteas muito suaves e quantidade ideal de sal. Sua casca de cor preta é proveniente da aplicação de um revestimento comestível.

Continue a leitura depois do anuncio.
$ads={2}
Este é o nono queijo em comercialização com o Selo de Qualidade do Biopark, que garante a excelência desde a seleção dos ingredientes até a produção. Para chegar no produto final, foi dedicado mais de um ano de pesquisa. De acordo com o pesquisador do Biopark Educação, Kennidy de Bortoli, a conclusão dos estudos para o queijo Tomme Negro D´Oeste veio por meio de avaliações sensoriais de sabor, odor, textura e aceitação global. “Os testes do queijo eram realizados em laboratório e, após a maturação, encaminhados aos analistas sensoriais, e, de acordo com os comentários e notas, realizávamos as alterações necessárias nas produções subsequentes, como alteração de fermento, umidade e gordura do produto. Os testes ocorreram desta maneira até encontrarmos a formulação ideal”, explica.

Em paralelo ao trabalho realizado dentro do laboratório, aconteceu o acompanhamento da produtora em sua propriedade. “Desde que recebi o convite para fazer parte desse lindo projeto tive todo o apoio que preciso da minha família e da equipe do Biopark”, ressalta Gelir. Para atingir um alto padrão de produtos, é necessário trabalhar com qualidade. Tratando-se de queijos finos, deve-se iniciar com as ações de boas práticas da produção do leite, visto que este é a principal matéria prima. “Incentivamos a profissionalização do produtor, para que aplique corretamente os manejos sanitários, de ordenha, alimentares, reprodutivo e de bem-estar animal”, afirma a zootecnista do Biopark Educação, Pâmela Schneider. “É importante efetuar o diagnóstico, afim de identificar os problemas, desafios e oportunidades de melhorias”, completa.

Gelir é produtora de queijos há mais de 30 anos e a paixão está na família Giombelli há meio século. Para ela, fazer queijo é uma mistura de trabalho com diversão. “Tudo começou com a minha mãe, e aos 10 anos eu já ajudava com os queijos. Neste momento, me sinto no auge da minha vida e o Tomme Negro d´Oeste é aquele filho que toda mãe sonha”, finaliza. 

    Conquistando paladares

Sabe quando você olha e pensa: “Quero provar esse queijo!”? Essa é a experiência que vem com o lançamento do Tomme Negro d´Oeste. Para a supervisora do Projeto de Queijos Finos, Carolina Balera Trombini, o momento é único para a Região. “Esse lançamento é particularmente especial, pois é o primeiro queijo que foi desenvolvido e completamente adaptado para o Oeste do Paraná, ou seja, embora tenha inspirações internacionais, essa tecnologia tem sua identidade própria”, enfatiza. O Tomme Negro d'Oeste já está à venda pela produtora Gelir Giombelli, diretamente em sua propriedade, e também na Flor da Terra Queijos Finos, localizada no Biopark.

    Projeto de Queijos Finos do Biopark

Além de ser totalmente gratuita, a participação no projeto de pesquisa e inovação em Queijos Finos do Biopark oferece também diagnóstico completo na propriedade; mentorias com especialistas em finanças, produção e negócios; orientação no acesso à linhas de crédito para financiamento; acompanhamento técnico especializado; equipe de analistas sensoriais treinados; e suporte para o desenvolvimento de embalagens e divulgação. Para mais informações entre em contato pelo site www.biopark.com.br/queijosfinos, no e-mail queijosfinos@biopark.com.br ou pelo número (45) 99122-8597 com Pâmela Schneider.

Curta nossa página no Facebook: 


Participe do nosso grupo no whatsapp: 
Envie sugestões de pautas e receba as notícias em primeira mão!

Fonte: Assessoria
Postagem Anterior Próxima Postagem
original original original original original
close