Policiais Militares prestam homenagem a jovem que foi atacada por andarilho em Toledo

Foto de: Divulgação

Um gesto marcado por carinho! Foi esse o intuito da visita de alguns Policiais Militares à jovem atacada por um andarilho na última semana, no Centro de Toledo.

Continue a leitura depois do anuncio.
$ads={2}
Ela recebeu a visita de quatro policiais na última quarta-feira, 18. Eles prestaram uma homenagem à jovem de 19 anos e realizaram a entrega de um buquê de flores. Os PMs também desejaram melhoras e procuraram saber como está o seu estado de saúde.

A jovem está se recuperando bem e ainda nesta semana deverá realizar uma consulta para uma nova avaliação em um dos olhos, que foi ferido durante o ataque realizado pelo andarilho. Ela agradeceu os policiais por salvarem a sua vida e também pela visita.

Sobre o caso

Um crime deixou a população de Toledo chocada na última quinta-feira, 12, na Rua Caetano Severino Perin, no Centro da cidade. Uma jovem de 19 anos voltava do cinema e se aproximava de sua residência, quando foi atacada por um andarilho. As forças policiais foram acionadas após ouvirem os gritos da moça.

Chegando ao local, os agentes perceberam que se tratava de um ambiente de difícil acesso e com pouca visibilidade. Em seguida, os PMs visualizaram que o morador de rua estava com a vítima no chão e lhe desferiu inúmeros golpes de faca.

O autor chegou a dizer frases chocantes como ‘Vou te matar’ e ‘A hora dela chegou’. Posteriormente, os policiais conseguiram agir e atingiram o homem com um tiro. O disparo acertou um dos braços dele e parou em seu tórax.

A garota foi atendida por uma equipe do Corpo de Bombeiros e foi encaminhada para um hospital da cidade, onde ficou internada por alguns dias. No momento, ela está em casa e tem apresentado uma boa melhora.

O andarilho foi atendido no local por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e foi encaminhado para maiores atendimentos no Hospital Bom Jesus. Ele não resistiu aos ferimentos e faleceu na manhã da sexta-feira, 13 de maio.

Ele tinha algumas passagens pelo meio policial por invasão à domicílio. Ainda não se sabe se ele estava sob o efeito de algum entorpecente ou bebida alcoólica no momento do ataque.

Curta nossa página no Facebook: 


Participe do nosso grupo no whatsapp: 
Envie sugestões de pautas e receba as notícias em primeira mão!

Fonte: PMPR
Postagem Anterior Próxima Postagem
original original original original original
close