original original

Secretaria de Saúde alerta entidades sobre aumento de casos de Covid-19 em Toledo

Foto de: Divulgação

O aumento exponencial de casos de Covid-19 em Toledo motivou uma reunião entre diversos setores e o poder público municipal. O encontro, realizado na segunda-feira (10) e convocado de forma emergencial pelo prefeito Beto Lunitti, serviu para apresentar dados e reforçar a necessidade de cuidados para evitar situações vivenciadas em outros períodos de agravamento da pandemia. Estiveram presentes representantes da Associação Comercial e Empresarial de Toledo (ACIT), das igrejas evangélicas e católica, Conselho Municipal de Saúde, Câmara de Vereadores e Executivo Municipal.

Continue a leitura depois do anuncio.

O diretor-geral da Secretaria de Saúde e secretário interino, Fernando Pedrotti, apresentou um panorama da situação atual dos casos. O mês de dezembro fechou com um total de 51 casos e somente nos primeiros dias de janeiro foram confirmados 276 pacientes com Covid-19. Pedrotti ainda lembra que estes dados podem ser ainda maiores. A Semana Epidemiológica 01 (SE01), de acordo com a plataforma do Ministério da Saúde, aponta mais de 470 casos, porém este dado ainda necessita a investigação de cada situação. 

Pedrotti ainda acrescentou que a média de atendimentos no Pronto Atendimento Municipal Doutor Jorge Nunes (PAM/Mini Hospital) foi de 92 pacientes, já na primeira semana de dezembro já apontou 205 atendimentos por dia. “Para dar conta foi preciso novamente referenciar o Mini Hospital para atendimento dos casos de suspeitas de Covid-19 e demais sintomas de síndromes gripais e direcionar as demais patologias para a UPA [Unidade de Pronto Atendimento José Ivo Alves da Rocha], na Vila Becker”, explicou. 

Até o momento, os casos não se mostram graves graças à vacinação que está bastante adiantada em Toledo. Porém, o crescimento no número de casos assusta os órgãos de saúde. "Quanto mais se aumenta casos, mais cresce a probabilidade de situações graves”, diz Pedrotti. "Estamos bem acima da média de cobertura nacional [91,2% em Toledo e aproximadamente 68% no Brasil] e isso é importante, pois inibe as formas mais agudas da doença. Essa sempre foi a proposta dos laboratórios ao desenvolver as vacinas contra a Covid-19: evitar as formas graves da doença”, salientou.

Durante o encontro, o prefeito Beto Lunitti buscou sensibilizar os setores e pediu apoio para não chegarmos a medidas de contenção adotadas em outros momentos. Foi um aumento de mais de 1000% nos casos. É um dado alarmante”, frisou. “É necessário que se mantenham os cuidados com álcool 70%, uso correto de máscaras, higienização de ambientes. A pandemia não acabou e precisamos que os diversos setores façam sua parte, por isso nosso convite para esta reunião de emergência”, reforçou. 

As entidades presentes entenderam a gravidade da situação e aproveitaram para esclarecer dúvidas, em especial sobre a importância das vacinas. Pedrotti demonstrou, por meio de dados mundiais, os benefícios de se imunizar, combatendo a desinformação acerca da eficácia e o mito que ela causa problemas cardíacos. “Temos aproximadamente 9,4 bilhões de doses aplicadas no mundo, dos mais variados laboratórios, e nenhum caso confirmado de problema associado à vacinação. A vacina é segura”, disse Pedrotti. “Isso se confirma com os números. Estamos tendo alta nos casos positivos, nas consultas e nas suspeitas, só não temos aumento em casos graves e óbitos”, salientou.

Fonte: Assessoria



Postar um comentário

Obrigado!

Postagem Anterior Próxima Postagem
close