original

Setores discutem ações para coibir situações ilícitas na região do Terminal Rodoviário

Foto de: Reprodução

A administração municipal convocou uma reunião para tratar situações relacionadas à segurança pública na região do Terminal Rodoviário Alcido Leonardi. O encontro aconteceu nesta quinta-feira (04), na sala de reuniões do Gabinete do Prefeito, e envolveu a Polícia Militar, empresários e representantes da Câmara de Vereadores e do Executivo Municipal. O intuito é encontrar soluções para coibir vandalismos e atos ilícitos no entorno da Rodoviária. 

Continue a leitura depois do anuncio.

De acordo com o secretário de Segurança e Trânsito, Arthur Almeida, existe no local a presença de moradores de rua, porém eles são minoria. “Fizemos um monitoramento e identificamos muitos indivíduos com pendências na Justiça. Por meio das câmeras de segurança instaladas, nós conseguimos coibir ações de vandalismo e crimes, porém precisamos intensificar", comentou. Com a fiscalização ampliada, segundo Arthur, alguns, em especial os que possuem alguma pendência, têm migrado para outros pontos. “Tudo isso já está no nosso radar. Vamos continuar com as ações onde eles se instalarem”, comentou.

A Polícia Militar esteve representada pelo comandante da 1ª Companhia do 19º Batalhão da Polícia Militar (BPM) capitão Jimmy Cajuhy Carlesso. Segundo o militar, o problema é recorrente. "Tivemos uma crise na gestão anterior e realizamos um trabalho intenso. Nossa equipe de inteligência fez o acompanhamento, porém não foram registrados crimes na época. Abordagens aconteceram e tivemos uma diminuída. Cajuhy ainda destacou as ações promovidas pela administração municipal, em especial o videomonitoramento. “Elas deram uma resposta imediata, flagrando situações ilícitas, com rápida resposta das forças de segurança”.

O vice-prefeito Ademar Dorfschmidt reforçou que a administração segue na busca de soluções. Uma delas, vinda do capitão Cajuhy, é a criação de um grupo de contatos envolvendo as forças de segurança, comerciantes da região e trabalhadores do Terminal Rodoviário. “Este grupo vai ser alimentado com imagens, mensagens e com o tempo esses transeuntes sentirão que estão sendo observados o tempo todo”, explicou o capitão. O vice-prefeito acrescentou que somente a união de forças pode dar solução. “Não é possível que o vandalismo seja constante e que os infratores saiam impunes sempre. Com o apoio de todos, podemos obter sucesso”.

Uma das sugestões dos empresários é ampliar ainda mais a presença das forças de segurança no Terminal Rodoviário. O prefeito Beto Lunitti sugeriu mais rondas, em especial durante a madrugada. “Essa intensificação de rondas fará com que os indivíduos com má intenção se sintam inibidos. Também manteremos o videomonitoramento ativo 24h por meio da Central da Guarda Municipal e em qualquer atitude suspeita acionaremos as unidades ostensivas da PM, com a GM dando o suporte. Precisamos nos preocupar com o planejamento para o fim de ano, pois teremos mais pessoas circulando pelo Terminal”, comentou.

Demais situações - Outro ponto abordado por Ademar Dorfschmidt é o cuidado em separar as situações. “Não podemos marginalizar todos. Temos, por exemplo, a questão dos indígenas. Estamos buscando soluções para diminuir a poluição visual produzida por eles. Não são eles os responsáveis por ilícitos e nossa intenção é promover uma forma deles acondicionarem seus produtos e artesanatos, evitando que fiquem espalhados”. Dorfschmidt também lembrou a situação de moradores de rua que foram contatados pelas equipes de abordagem da Secretaria Municipal de Assistência Social e Proteção à Família, encaminhados ao Alojamento Provisório, tiveram suas situações documentais regularizadas e inseridos no mercado de trabalho. 

Fonte: Assessoria



Postar um comentário

Obrigado!

Postagem Anterior Próxima Postagem
close