Toledo encerra Semana Farroupilha com promessa de um evento ainda maior em 2022

Foto de: Divulgação

Após muita dança, música e expressões tradicionalistas, no sábado (25), foi realizado o encerramento da XII Semana Farroupilha. O evento contou com as finais do Concurso de Xote e um baile ao ar livre com o Grupo Balanço Campeiro. A programação começou no dia 19, organizada pela Secretaria da Cultura, com a parceria dos Centros de Tradições Gaúchas (CTG’s) Estância da Liberdade, Província Gaúcha e Chama Crioula, além das demais entidades tradicionalistas de Toledo.

Continue a leitura depois do anuncio.

Neste ano, o evento aconteceu de forma descentralizada, sem o tradicional barracão montado no Parque Ecológico Diva Paim Barth, com atrações em diversos pontos. As apresentações tiveram como palco os Restaurantes Populares, os Centros de Revitalização da Terceira Idade (Certi’s), praças públicas e os CTG’S. “Levamos a Semana Farroupilha aos mais variados lugares. Os CTG’s se organizaram para receber as crianças das escolas para apresentar a cultura tradicionalista”, disse a secretária Rosselane Giordani.

A gestora da Cultura no município ainda lembrou os momentos de confraternização, como o café campeiro e o grenal de bombacha, organizado pelo caçula dos CTG’s de Toledo, o Província Gaúcha, realizado no Yara Country Club. Outro ponto destacado por Rosselane foram as noites culturais. “Tivemos grandes momentos nos CTG’s durante a semana e na sexta-feira (27), no palco maior de Toledo, o Teatro Municipal, aconteceu uma noite cultural que encheu os olhos de quem pode estar presente ou acompanhou a transmissão ao vivo pelas redes sociais”. 

O sentimento, segundo Rosselane, é de gratidão. “Ficamos felizes por alcançar a comunidade toledana de uma forma diferenciada neste ano. Temos uma avaliação extremamente positiva e quero, em nome de todo o poder público de Toledo, agradecer aos tradicionalistas, os grupos organizados, em especial os da terceira idade Querência Amada e o Chama da Tradição. Fica um sentimento de gratidão e um compromisso maior de no ano que vem fazer algo ainda mais grandioso para nossa comunidade e para a região, pois o que fazemos aqui reverbera e toma uma proporção muito grande”. 

Em relação à próxima edição, durante a última cavalgada de condução da chama crioula, um dos símbolos da Semana Farroupilha, o coordenador do Teatro Municipal e tradicionalista Douglas Gonçalves disse que Toledo demonstrou a força da cultura gaúcha no município. “Hoje não estamos apenas encerrando esta Semana Farroupilha. Já estamos pensando na próxima, ela será a maior do Paraná e ressoará nos pampas, porque aqui temos um povo forte e que conhece sua origem”. 

Prefeito pilchado - Outro detalhe que chamou à atenção durante a Semana Farroupilha em Toledo foi o prefeito Beto Lunitti. Durante todo o período, o gestor toledano, gaúcho e organizador da primeira semana farroupilha, trabalhou vestido com a indumentária gaúcha. “É algo natural e motivo de orgulho para mim. Sempre me dediquei ao tradicionalismo, honrei a tradição e sou um representante deste povo forte que primeiro chegou e desbravou esta terra”, disse Beto Lunitti, reforçando que hoje Toledo é uma cidade que acolhe gente de todos os lugares, sem distinção. 

Fonte: Assessoria


Postagem Anterior Próxima Postagem