Oncologia: Saúde zera a fila para avaliação e diagnóstico

 


Uma das principais preocupações da Secretaria de Saúde é ampliar o atendimento das especialidades médicas. Para tanto, o Departamento da Rede de Atenção Especializada vem realizando mutirões com o intuito de acelerar o acesso dos pacientes à avaliação, diagnóstico e tratamento. A oncologia é uma das frentes que teve seu fluxograma reorganizado, proporcionando a consulta especializada de forma imediata, a partir do encaminhamento médico da unidade básica de saúde de referência.

 

Continue a leitura depois do anuncio.

Para tanto, o paciente após a consulta na Unidade Básica de Saúde, deve se encaminhar à Central de Especialidades, na Vila Paulista, em horário comercial , portando o encaminhamento médico e documentos pessoais, para agendar sua consulta com oncologista em Cascavel. As referências na cidade vizinha são o Centro de Oncologia de Cascavel (CEONC) e a União Oeste Paranaense de Estudos e Combate ao Câncer (Uopeccan). Além da consulta, o paciente já é orientado de como realizar o agendamento do transporte, através do whatsapp daquele setor. “Assim, o paciente sai com agendamento completo, sem precisar se deslocar até a Secretaria de Saúde para solicitar este serviço”, explica a diretora da Rede de Atenção Especializada, Kathelli Hino do Nascimento.

 

Como existiam 286 pacientes aguardando por este atendimento em fila de espera, servidores municipais da Central de Especialidades e Unidades Básicas, realizaram contato com os pacientes para auxiliar e acelerar o acesso. Kathelli informa ainda que a Secretaria de Saúde conta com a colaboração de um oncologista do CEONC. “Todas as segundas-feiras 30 pacientes são atendidos por ele. Porém, a crescente demanda e o desligamento de outra médica que fazia o mesmo serviço em Toledo contribuíram para o aumento dessa fila", esclarece.


 


Postagem Anterior Próxima Postagem