Copel: Paraná assina acordo de cooperação urbana da União Europeia

Foto de: Reprodução

O Estado do Paraná entrou para o Programa Internacional de Cooperação Urbana e Regional da União Europeia, passando a fazer parte de uma rede global de referência em inovação urbana, que na América Latina inclui regiões do México, Colômbia, Peru, Argentina e Chile. 

Continue a leitura depois do anuncio.

O termo de cooperação foi assinado nesta terça-feira (28/09) em reunião no Chapéu Pensador, escritório da Copel em Curitiba. Na ocasião, o programa foi apresentado aos participantes latino-americanos, mostrando em linhas gerais os tipos de cooperação que podem ser feitas entre as regiões parceiras. 

O Paraná irá trocar experiências sobre inovação e desenvolvimento urbano sustentável com a unidade administrativa Silesian Voivodeship, na Polônia. No Brasil, o município de Manaus será parceiro de Nápoles, na Itália, Fortaleza irá cooperar com Essen, na Alemanha, e Belo Horizonte com Milão, na Itália. 

O programa proporciona visitas técnicas, eventos de networking, webinários com especialistas, além de um plano de ação regional e urbano para as regiões participantes. 

Para o diretor de Governança, Risco e Compliance da Copel, Vicente Loiácono Neto, será uma ótima oportunidade para trocar conhecimentos sobre o que tem sido o foco de investimentos da Companhia: energias renováveis, com destaque para eólica, solar e biomassa.  

“O Paraná já tem mais de 90% de sua matriz energética vinda de energias renováveis e a Copel quer aumentar ainda mais e chegar a 100% até 2030, como parte do nosso Plano de Neutralização de Carbono lançado neste ano”, afirmou Vicente Loiácono Neto. 

A sustentabilidade está entre os temas de interesse da cooperação entre Paraná e sua região polonesa parceira. No plano inicial, as duas regiões deverão tratar de economia verde, transformação industrial, parcerias e retenção de talentos e transformação digital. 

O conselheiro da delegação da União Europeia no Brasil, Stefan Agne, destacou a capacidade do Paraná executar na prática as metas dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, da Agenda 2030 da ONU. “É um prazer conhecer Curitiba e conhecer as formas de operacionalizar os ODS por aqui, indo além das pesquisas acadêmicas ao executar cada objetivo”, comentou Stefan Agne. 

Como representante do Paraná, assinou o termo a vice-presidente do Conselho Estadual de Desenvolvimento Econômico e Social (CEDES), Keli Guimarães, que agradeceu a presença de todos e reforçou a importância do desenvolvimento sustentável e das parcerias, mencionando a boa relação com a Copel. “Ficamos felizes de saber que o Paraná é movido por fontes limpas e renováveis e que caminha cada vez mais nessa direção. Sabemos que podemos contar sempre com a Copel”, afirmou Keli Guimarães. 

Estiveram presentes também os integrantes do CEDES, Filipe Braga Farhat e Vinicius Greco Pazza; a coordenadora do Programa Cidades Sustentáveis, Zuleica Goulart; o coordenador-geral do Instituto Cidades Sustentáveis, Jorge Abrahão; a superintendente de Sustentabilidade Empresarial e Governança Corporativa da Copel, Luisa Nastari; a prefeita de Francisco Morato (SP) e vice-presidente de Parcerias em ODS da Frente Nacional de Prefeitos, Renata Sene; o gerente municipal de Francisco Morato (SP), Thiago Oliveira; e os representantes da Associações das Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação (Assespro-PR), Izoulet Cortes Filho e Adriano Augusto Krzyuy. 

Mais informações sobre o Programa Internacional de Cooperação Urbana e Regional da União Europeia: www.iurc.eu

Fonte: Assessoria


Postagem Anterior Próxima Postagem