Sem viajar por conta da pandemia, idosa cria praia em casa




A pandemia ocasionada pela Covid-19 fez com que as pessoas deixassem de viajar, porém, isto não foi um problema para a baiana Maria Helena Nóbrega, de 76 anos. Já que a aposentada não podia ir ao mar, o "mar" veio até ela. A idosa criou uma praia artificial em sua casa.

Maria costumava viajar para o litoral brasileiro com frequência antes da pandemia, pois mora em um sítio em Campo Grande, Mato Grosso do Sul, estado onde não há mar. Mas por ter comorbidades, como hipertensão e diabetes, fator que a coloca no grupo de risco, deixou de ir à praia. 

"Sou baiana; a vida inteira, quando eu não vivia lá, voltava sempre. Vim para o Mato Grosso do Sul, fiz concurso, fui professora por 35 anos, aposentei, caí no mar e não saí mais de lá. [...] Com a pandemia, fiquei impossibilitada de viajar", disse a ex-professora em uma entrevista ao UOL. 

"Não pude viajar e fiquei doida e me perguntei o que eu faria. Surgiu essa ideia e apareceu a pessoa indicada. Aceitei na hora", continua.


Continue a leitura depois do anuncio.

Maria decidiu fazer uma praia artificial em sua propriedade. O projeto início em janeiro. A obra aproveitou a área de piscina, que não encantava os olhos da senhora, e passou por uma revitalização.

"Sem poder me divertir [no litoral] eu fiquei muito ruim. A prainha me salvou", revela a ex-professora. Maria investiu cerca de R$ 200 mil no projeto. 





Fonte: UOL


Postagem Anterior Próxima Postagem