Homem espancado por travestis em frente a motel morre no hospital




Um homem que estava internado em estado grave desde a madrugada da última sexta-feira (6) após ser brutalmente agredido a pauladas por duas travestis em frente a um motel em Sarandi, morreu nesta quarta-feira (11). Indivíduos de 21 e 26 anos foram presos por investigadores de Sarandi, sob o comando do Delegado Adriano Garcia.


Continue a leitura depois do anuncio.

O crime ocorreu na madrugada de sexta passada na Rua Antônio Volpato, em Sarandi, próximo a um Motel. Segundo a Polícia Militar, a vítima, que estava sem identificação, foi agredida a pauladas. As travestis relataram aos investigadores que o homem tentou fazer sexo a força com elas e, como houve a recusa, ele falou que iria matá-las. Elas alegam, portanto, que o crime foi cometido em legítima defesa.

Ainda conforme a polícia, ele sofreu vários ferimentos na cabeça e foi encaminhado em estado grave para o Hospital Metropolitano. O rapaz foi atendido pela equipe médica do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e com apoio do Corpo de Bombeiros, ele foi encaminhado ao Hospital Metropolitano, porém não resistiu e morreu seis dias depois. As travestis deverão responder por lesão corporal com resultado em morte.






Postagem Anterior Próxima Postagem