Evento vai promover a adoção responsável e arrecadação de ração

Foto de: Reprodução

No próximo domingo (08) a partir das 15h, no Parque Ecológico Diva Paim Barth, acontece a Feira de Adoção de animais. Organizada pela Coordenação de Proteção e Defesa Animal, o evento terá a participação de protetoras e protetores cadastrados junto à Secretaria do Desenvolvimento Ambiental e Saneamento. A previsão é que aproximadamente 20 ‘pets’ resgatados pelas organizações não governamentais (ONG’s) que atuam em Toledo participem da Feira. 

Continue a leitura depois do anuncio.

De acordo com a coordenadora de Proteção e Defesa Animal, Julia Orlando Heiss, o trabalho de resgate, primeiros cuidados e abrigo temporário é realizado pelas ONG’s em parceria com a Prefeitura de Toledo. “Trabalhamos em parceria. Elas resgatam e fazem todo o processo de cuidado até esses animais estarem aptos a um novo lar. Todos são vacinados e vermifugados, pois é critério para participar da Feira”. 

Com os interessados é feita uma entrevista, buscando informações sobre as condições de cuidado que estes animais terão, se o local para onde irão é adequado, entre outros fatores. “É preciso zelar pela segurança desses animais, pois eles já vieram de condições insalubres. Essa conversa com as pessoas serve também para orientar sobre os ‘direitos’ dos animais, chamados de liberdade”. São elas a liberdade de sede, fome e má-nutrição; a liberdade de dor e doença; a liberdade de desconforto; a liberdade para expressar o comportamento natural da espécie; e a liberdade de medo e de estresse.

Outro objetivo da Feira é divulgar o trabalho das organizações não governamentais que cuidam de animais em Toledo. “O evento serve para dar visibilidade ao trabalho das protetoras e protetores. Durante a pandemia esse pessoal continuou com as ações e houve crescimento de abandono neste período”, explica.

Julia lembra reforça que, se a pessoa não pode ou não tem interesse em adotar, existe outra forma de contribuir. A Feira de Adoção vai arrecadar ração, caminhas e mantinhas. "São várias formas de ajudar. Quem puder ajudar, todas as contribuições serão de grande ajuda para o trabalho das protetoras e protetores e o bem estar dos animais acolhidos", conclui.

Fonte: Assessoria



Postagem Anterior Próxima Postagem