Educação recebe computadores: Mais de 17 milhões serão investidos em tecnologia





O município de Toledo está se preparando para dar um salto no modelo de se trabalhar a educação pública. Na manhã desta sexta-feira (13) o prefeito Beto Lunitti fez a entrega simbólica de equipamentos de informática para a Secretaria Municipal de Educação (Smed) durante uma reunião com diretores da educação infantil. Foram entregues 108 computadores e 65 notebooks. No total, serão investidos mais de R$ 17 milhões em equipamentos e serviços tecnológicos.

 

Continue a leitura depois do anuncio.


“A educação para nós está na política central de governo. Nós temos uma cidade bem organizada, mas precisamos olhar para o futuro e reconhecer que o momento atual requer o investimento em tecnologias. Temos que colocar a educação em contato com a realidade”, afirmou Beto Lunitti.

 

O prefeito argumentou sobre a necessidade de se investir nos diferentes saberes desde cedo para criar o cenário propício ao surgimento de novos cientistas. A intenção é tornar Toledo uma referência nacional em educação. Para isso “precisamos de uma educação continuada. Para isso é necessário viabilizar internet de boa qualidade, tecnologias, bons professores. Sabemos que o desafio é grande, mas compreendemos nossa responsabilidade, por isso vamos investir mais de R$ 17 milhões em tecnologia para nossos alunos, professores e unidades educacionais”, salientou Lunitti. 

 

A secretária de Educação, Elisângela Batista, disse que este é o maior investimento que o município já fez em tecnologia de uma só vez. Cada professor da rede terá um notebook, os primeiros serão entregues aos professores dos quintos anos. O investimento contempla o Programa Aluno Conectado.

 

Segundo Elisângela, a SMED percebeu que essa era a maior demanda dos professores, juntamente com os pedidos para melhorar o acesso à internet. O programa prevê um ponto de internet em cada sala de aula. O Departamento de Tecnologia da Informação (TI) está priorizando a instalação de internet nas escolas que estão perdendo o sinal que era fornecido pelo Governo Federal, por meio do Programa Educação Conectada e que está em fase de extinção. 

 

“Hoje o mundo é tecnológico e informatizado. Percebemos durante a pandemia o quanto isso é importante. Esses investimentos irão agregar no processo ensino  aprendizagem como uma ferramenta essencial”, frisou a secretária. 

 

Aluno Conectado

Cada aluno do 5º Ano irá receber um tablet. Já foram entregues 300 unidades ao município, as quais estão sendo preparadas pelo departamento de TI antes de chegarem até os alunos. 

 

Uma turma será escolhida para funcionar como projeto piloto. Só após testar a efetividade dos equipamentos e corrigir possíveis falhas é que as demais turmas receberão o restante dos tablets. 

 

Investimento

Alguns equipamentos e serviços de internet estão em fase de licitação ou de entrega por parte dos fornecedores. O projeto prevê ainda para 2021 a aquisição de 192 computadores para laboratórios, 1000 notebooks para professores, 10.000 tablets para alunos, 400 computadores para escolas e SMED, 600 webcams para escolas, 250 carrinhos de recarga de tablets e 400 TVs para salas de aula. 






Postagem Anterior Próxima Postagem