Covid-19 - Vacinação de 12 a 17 anos dos jovens de Toledo está completamente garantida

Foto: Reprodução

“É a celebração de uma luta importante de quase 100 dias”. Esta afirmação foi feita pelo prefeito Beto Lunitti no início da coletiva de imprensa quando anunciou a parceria com a Pfizer para a vacinação, até o próximo dia 31, de 100% da sua população maior de 12 anos. A notícia, divulgada no início da noite da terça-feira (24), foi detalhada para toda a imprensa regional no Auditório Acary de Oliveira na quarta-feira (25).


Continue a leitura depois do anuncio.

A vacina da Pfizer recebeu o registro definitivo da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) em 23 de fevereiro, sendo a primeira a receber este registro e a única, no Brasil, licenciada no Ministério da Saúde para aplicação em crianças e jovens de 12 a 17 anos. “Portanto, é muito importante deixar claro aqui que a segurança da vacinação de 12 a 17 anos dos jovens de Toledo está completamente garantida”, disse a secretária de Saúde Gabriela Kucharski.

 

Gabriela disse ainda que o estudo é o único nos países em desenvolvimento. “Há outros países que estão fazendo aplicação da vacina Pfizer de 12 a 17 anos, em especial na Europa, entre eles a França, Alemanha e Reino Unido e fora deste continente europeu, como o Japão, todos reconhecidos pela qualidade do seu atendimento em saúde e Toledo será o representante dos países em desenvolvimento para esta observação”. Gabriela reafirmou que ele será um estudo observacional. “Não é um estudo de intervenção, não estamos fazendo testes em nossa população de adolescentes e de crianças”. 

 

Sobre a escolha de Toledo, Gabriela afirmou que o município tem as características demográficas e geográficas favoráveis para este tipo de estudo e além da presença do câmpus da Universidade Federal do Paraná (UFPR). “Nós temos excelência no processo de trabalho de enfrentamento à pandemia e na vacinação. Recebemos muitos elogios, tanto local quanto regionalmente. Isso foi reconhecido tanto pelo Governo do Estado quanto pela Pfizer. Desde o atendimento, o diagnóstico, o cuidado com os nossos pacientes, o monitoramento destes e, por fim, a aplicação da vacina. É um trabalho feito com muita dedicação e excelência por todos os técnicos que trabalham na Secretaria de Saúde”, comentou.

 

Durante o ato, o prefeito Beto Lunitti destacou o empenho dos servidores municipais que “de uma forma muito intensa, valorosa e determinante, nos locais de vacinação, fizeram um trabalho brilhante que rendeu muitos pontos positivos para que hoje pudéssemos fazer esta entrevista coletiva. Tudo isso foi possível por conta da transparência de dados junto ao Tribunal de Contas do Estado (TCE), que nos conferiu uma nota 10, a eficiência dos serviços de aplicação de vacinas, das estruturas que temos em termos de saúde pública e por conta da dedicação dos nossos servidores em atender, em dar sempre a melhor condição para as pessoas que procuraram a vacina”, frisou.

 

Lunitti ainda destacou o rigoroso cumprimento dos Planos Nacional, Estadual e Municipal de Imunização. “É bem verdade que as pressões que ocorreram durante o processo de vacinação por setores, por classes ou porque outros municípios estavam, de certa forma, fazendo outras coisas diferentes, nós seguimos à risca e mostramos que a gente tratou a vacinação da forma como ela precisava ser tratada e está sendo tratada: com responsabilidade”, comentou. 

 

Ademar aproveitou para reforçar a seriedade do trabalho e a importância de Toledo ser escolhido. Resgatou a história da Pfizer, fundada em 1849 e em 1952, se instalou no Brasil. “Esta empresa, junto com o Ministério da Saúde, com o SUS e o Governo do Estado, escolheu Toledo. É uma mera coincidência que uma potência mundial em termos de laboratórios, que busca salvar vidas, escolha Toledo? Não. O mérito é dos nossos servidores, dos nossos trabalhadores da saúde. E o momento é de vocês agora, de colher os frutos do trabalho que vocês fizeram. Nós estamos aqui só para agradecer e parabenizar, e sentir e saborear este momento único na história do Brasil”, concluiu.

 

Ainda participaram da coletiva os representantes do Governo do Paraná, o chefe da 20ª Regional de Saúde Alberi Locatelli e o assessor regional da Casa Cívil Matheus Ramos, o diretor geral de Saúde de Toledo Fernando Pedrotti, a responsável pelos pontos de vacinação em Toledo Sonia Pessi e a secretária de Juventude Jennifer Teixeira.


Fonte: Assessoria 


Postagem Anterior Próxima Postagem