Mulher é mantida em cativeiro e torturada por um ano em Toledo






Em entrevista à CBN Cascavel nesta segunda-feira (05), a presidente da Ong Tenda Mariellas, Claúdia Mallmann, relatou o drama de uma mulher de 38 anos, mantida em cativeiro por um ano, agredida constantemente pelo marido. O agressor está preso e a mulher e a criança estão sendo assistidas por orgãos de proteção. Uma reunião para discutir novas estratégias de acompanhamento do caso, e melhor assistir mãe e filho, ocorreu na manhã desta segunda-feira(05), no gabinte do prefeito de Toledo, Beto Lunitti.


Continue a leitura depois do anuncio.



Fonte: CBN Cascavel



Postagem Anterior Próxima Postagem