Homem invade casa e abusa de criança de 11 anos

Foto de: Divulgação

Na última quarta-feira (30), um homem, de 28 anos, foi preso suspeito de cometer um estupro no município de Agudos do Sul, Região Metropolitana de Curitiba. De acordo com as informações do Ric Mais, o indivíduo adentrou em uma residência e abusou sexualmente de uma menina, de 11 anos, na frente dos irmãos, de 5 e de 4 anos. 

Continue a leitura depois do anuncio.

Conforme o jornal, o criminoso aproveitou que a mãe das crianças saia para trabalhar às 4h e deixava os filhos dormindo, até a chegada de uma cuidadora às 8h. 

Por volta das 6h, o suspeito, armado com uma faca, entrou no quintal, quebrou uma janela da casa e a invadiu. Ele foi até o quarto da menina, local onde houve o abuso. 

Junto da vítima, estava o irmão de 4 anos, que não chegou a acordar, porém, o outro menino, que descansava no quarto ao lado, ouviu os barulhos. Então, ele levantou para ver o que estava acontecendo e notou que a irmã estava sendo estuprada.

APÓS COMETER O CRIME, O SUSPEITO ROUBOU CERCA DE R$ 400 EM DINHEIRO, DOIS CELULARES E UMA BICICLETA. O INDIVÍDUO FUGIU, PORÉM, ACABOU SENDO FLAGRADO DEIXANDO A RESIDÊNCIA POR UMA FAMILIAR DA CRIANÇA. 

“Eu encontrei a minha sobrinha chorando e relatando que o ‘Ratinho’ entrou pela janela com um facão e um simulacro de arma ameaçando ela e meu sobrinho. Foi no quarto dela com um facão, ameaçou ela de morte. Uma criança estava dormindo, mas a outra estava vendo tudo. Ele tentou chorar, gritar, mas o Ratinho ameaçou ele com o facão”, relatou um tio, que não pode ser identificado para preservar a identidade da vítima. Agora, conforme ele, familiares que vivem na mesma rua também precisam lidar com a culpa de não terem conseguido impedir o estupro da criança. “Nós estávamos planejando até colocar câmera. Eu coloquei na minha casa e ia ajudar ela [mãe das crianças] a colocar também, mas não deu tempo”, disse. 

A Polícia Militar (PM) foi chamada. O Conselho Tutelar também foi acionado. Os agentes encaminharam a garota para uma unidade hospitalar. Ao mesmo tempo, uma equipe seguiu para a casa do suspeito, onde ele foi encontrado, mas não antes de sua mãe tentar acobertá-lo. 

“FOI BATIDO NA PORTA [DA CASA DO CRIMINOSO] E QUEM NOS ATENDEU FOI A MÃE DELE, AUTOR DO FATO, A MESMA RELATOU QUE ELE NÃO SE ENCONTRAVA DENTRO DA RESIDÊNCIA. MAS EM BUSCAS NO INTERIOR, ELE FOI LOCALIZADO ESCONDIDO DENTRO DO BANHEIRO”, RELATA O SOLDADO ADRIEL MULLER, DA PM. 

A bicicleta roubada e a faca usada para ameaçar as vítimas também foram localizadas dentro da casa. “Foi encontrada a bicicleta nos fundos da residência, mas o dinheiro e os celulares não foram localizados”, completou Muller. 

O suspeito, também chamado de Ratinho, é conhecido tanto da população local como da polícia. Ele possui várias passagens por furto e roubo, até foi preso algumas vezes, mas sempre acaba solto novamente



Fonte: Ric Mais



Postagem Anterior Próxima Postagem
original original original original original original
close