Adolescente de 13 anos está sendo exposta na internet como garota de programa e faz desabafo





Uma adolescente de 13 anos, moradora de Cascavel, viu o seu nome pela segunda vez exposto na internet como sendo garota de programa.

Continue a leitura depois do anuncio.

A situação bastante delicada chama a atenção, já que outras jovens pelo país também tiveram a imagem e dados expostos nas redes sociais atribuídos à atividade.

CGN conversou por telefone com a mãe da adolescente, que não se sentiu à vontade em gravar o relato por estar com medo e muito triste com o que vem sendo divulgado a seu respeito.

Com apenas 13 anos, a adolescente é uma figura pública, muito conhecida em Cascavel e se destaca na música e também nas redes sociais com trabalhos de maquiadora e influenciadora.

Hoje ela vive com medo, pois novamente teve o número de celular divulgado na internet e passou a receber mais de 30 ligações por dia perguntando sobre o valor do programa, também mensagens e fotos obscenas, além de ameaças.

A mãe da adolescente relatou que ela está num quadro de profunda tristeza e que será acompanhada por psicóloga para conseguir passar por essa situação. Ela contou ainda que a filha recebeu ameaças de que seria estuprada e que inclusive foi perseguida em Cascavel.

Certo dia, a família foi à uma pastelaria no Centro da cidade, mais tarde a adolescente recebeu a ligação de um homem dizendo que estava acompanhando ela e que apenas não a abordou, pois o pai estava junto. Em outra ocasião, um homem ligou dizendo que estava olhando todas as fotos da adolescente e se masturbando.

A jovem publicou um desabafo nas redes sociais pedindo pelo amor de Deus para que as pessoas parem de fazer o com o que estão fazendo com ela.

Além de ter o nome, fotos e contato divulgados em sites de encontro e relacionamento, perfis falsos com o nome da adolescente, também foram utilizados em salas de bate-papo. Prints enviados pela mãe também mostram algumas das muitas mensagens que a adolescente tem recebido.

Para tentar minimizar o problema, a mãe da adolescente trocou de número com a filha e passou a atender todas as ligações diárias e responder as mensagens, para que a filha possa se recuperar do trauma que tem vivenciado.

Fonte: CGN



Postagem Anterior Próxima Postagem