original original

Luan Davi - Saiba como funciona a vacina que irá tomar

Foto de: Luan Dvavi

A maioria das vacinas que usamos envolve injetar um vírus ou bactérias no nosso corpo para que o sistema imunológico identifique a ameaça e crie formas de nos defender. No caso dos vírus, eles podem estar enfraquecidos (sua capacidade de nos deixar doentes foi reduzida a níveis seguros) ou inativados (são incapazes de se reproduzir – como é o caso da CoronaVAC) em setembro, o governo de São Paulo que testes com 50 mil pessoas demonstraram que a vacina é segura.

Continue a leitura depois do anuncio.

Já a vacina fornecida pela Pfizer em vez de injetar em nós um vírus ou parte dele, a ideia é fazer o nosso próprio corpo produzir a proteína do vírus. Para isso, os cientistas identificam a parte do código genético viral que carrega as instruções para a fabricação dessa proteína e a injetam em nós. Uma vez absorvidas por nossas células, ela funciona como um manual de instruções para a produção da proteína do vírus. A célula fabrica essa proteína e a exibe em sua superfície ou a libera na corrente sanguínea, o que alerta o sistema imune.

Como desvantagem as vacinas atenuadas ou inativadas, é preciso cultivar uma grande quantidade de vírus para usá-los como matéria-prima. As vacinas gênicas dispensam isso, pois basta criar em laboratório só a sequência genética desejada. Isso exige uma estrutura de produção muito mais enxuta, com um custo provavelmente menor. Essa vacina gênica também elimina o risco de uma pessoa ficar doente ao ser vacinada, o que pode ocorrer quando são usados os vírus atenuados. Os vírus neste estado foram manipulados para serem menos perigosos, mas ainda assim eles conseguem se reproduzir lentamente. Isso dá tempo suficiente para que o sistema imunológico de uma pessoa saudável reaja e aprenda a combater essa ameaça.

A vacina da Pfizer é o imunizante com maior eficiência até o momento, o prefeito Beto Lunitti envidou esforços para garantir junto às autoridades estaduais o primeiro lote desta vacina para Toledo.

A secretária de Saúde reforça a importância de recebermos essas vacinas, e sermos todos vacinados!

https://www.jornaldooeste.com.br/toledo/vacina-da-pfizer-chega-a-toledo/




Postar um comentário

Obrigado!

Postagem Anterior Próxima Postagem
close