COVID-19 - Toledo apresenta alto risco de contaminação mesmo com baixa nos novos casos




Apesar de aparentar uma tendência de melhora no número de novos casos, Toledo vivencia um alto risco de contaminação da Covid-19. A ocupação de leitos de UTI na Macro Região ainda se apresenta em níveis preocupantes, acima da capacidade de atendimento. Nesta terça-feira (29) o índice de ocupação era de aproximadamente 110%, ou seja, além da lotação completa, outras 35 pessoas aguardam na fila para serem internadas em um leito de UTI. 

 

 


Continue a leitura depois do anuncio.

O alto risco de contaminação para Covid-19 em Toledo foi o indicativo divulgado pelo Comitê de Operações Emergenciais (COE) durante reunião realizada na manhã desta terça-feira . Na ocasião foi apresentada a análise da Semana Epidemiológica SE25/2021, referente ao período entre os dias 20 e 26 de junho. 

 

A Matriz de Risco utilizada confirmou a manutenção da Bandeira Vermelha para Covid-19. Ao comparar com os últimos 14 dias, a SE/25/2021 apresentou uma redução de 25% na variação de óbitos; uma redução de 33% na variação de casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG); e a taxa de positividade também teve uma queda de 26,32%. 

 

Essa aparente melhora não se traduziu no sistema como um todo, principalmente no que se refere à disponibilidade de leitos de enfermaria e nas unidades de terapia intensiva (UTI). 

 

Para os profissionais de saúde, a postura da população e as medidas restritivas dos últimos dias foram fundamentais para amenizar os impactos da pandemia. Porém, alertam que não é hora de relaxar, pois o sistema ainda está colapsado e não há disponibilidade de vagas nos serviços hospitalares. É necessário manter a postura de prevenção e reforçar os cuidados para que o cenário de fato comece a melhorar.

 

Respeitar o distanciamento, sair de casa somente se necessário, usar máscara de forma correta e álcool 70% continuam sendo as principais maneiras de combater o vírus. 

 

Lamentável

Enquanto vários cidadãos, trabalhadores, empresários, servidores e tantos outros se empenham para evitar a propagação do coronavírus, o Departamento de Vigilância Sanitária solicitou apoio das forças de segurança no último sábado (26) para abordar um local de eventos em Toledo, no qual estavam sendo realizadas duas festas clandestinas de forma irregular, com a aglomeração de aproximadamente 250 pessoas. 

 

Outra preocupação relatada por comerciantes, são de clientes que insistem em desrespeitar a orientação de permitir acesso de apenas uma pessoa por família nos estabelecimentos, chegando até a agirem com agressividade com colaboradores. 

 

Regiões em alta

Por duas semanas consecutivas os bairros Pioneiro, Panorama, Coopagro e Centro figuram na mesma ordem como as regiões com maior número de casos positivos em Toledo. 

 

Sintomas

Tosse, cefaleia, dor de garganta e mialgia foram os sintomas mais frequentes nos casos positivos da Semana Epidemiológica SE25/2021. Eles foram seguidos de queixas de coriza e febre.


Fonte: Assessoria de imprensa*



Postagem Anterior Próxima Postagem
original original original original original