original

Toledo promove “Dia D” de vacinação contra a Influenza neste sábado (22)

Foto de: Reprodução

Cinco unidades de saúde de Toledo - Coopagro, Maracanã, Porto Alegre, São Francisco e Centro de Saúde - estarão abertas neste sábado (22) para o “Dia D” da 23ª Campanha Nacional de Vacinação Contra a Influenza. Idosos com mais de 60 anos, professores, gestantes, mães de bebês nascidos há até 45 dias e crianças com idade entre 6 meses e 5 anos podem receber as doses do imunizante que previne os tipos de gripe mais graves e comuns no Brasil -  “A” (H1N1 e H3N2), “B” e sazonais.

Continue a leitura depois do anuncio.

Para serem vacinadas, estas pessoas precisam levar documentos pessoais e a carteira de vacinação - no caso dos professores, é obrigatório que eles também tenham em mãos uma declaração do local de trabalho que comprove o exercício profissional. “Aquelas pessoas que receberam a primeira ou segunda dose do imunizante contra a Covid-19 devem esperar ao menos 14 dias para serem vacinados contra a Influenza”, alerta a enfermeira da Vigilância Epidemiológica, Cleunice Sarturi. 

A enfermeira pontua que o “Dia D” tem o objetivo de dar oportunidade para aquelas pessoas que trabalham durante a semana serem vacinadas ou levarem seus filhos para receberem sua dose em um ambiente com menor circulação de pessoas, medida necessária para a contenção do novo coronavírus, bem como para ampliar a cobertura vacinal dos públicos-alvo, principalmente os da primeira fase da campanha. Até a manhã desta quarta-feira (19), cerca de 66% das crianças de Toledo em condições de receber o imunizante estavam protegidas contra a gripe. Entre gestantes, este índice é de 59% - logo após aparecem puérperas (54%) e profissionais da saúde (53%).

Iniciada no último dia 12, a segunda fase contempla idosos e professores, grupos cuja proporção de vacinados está em 19% e 35%, respectivamente. “Considerando que a nova etapa começou há uma semana, os índices de pessoas com mais de 60 anos e de profissionais da educação vacinados está satisfatório. Em relação às gestantes e puérperas, sabemos que dificilmente bateremos a meta, pois as são mulheres que ficam ou deixam de estar nestas condições no decorrer do ano. Os trabalhadores da saúde esperamos uma resposta melhor assim que tomarem a segunda dose contra a Covid-19. Em relação às crianças, é importante que algo em torno de 90% a 95% sejam vacinadas a fim de evitar problemas respiratórios em pessoas que ainda estão com o sistema imunológico em formação”, avalia Cleunice.

Após o “Dia D”, a segunda fase da Campanha Nacional de Vacinação Contra a Influenza prossegue até 8 de junho com as doses sendo aplicadas em quase todas as unidades de saúde de Toledo, durante o seu horário de funcionamento. As exceções são as do Bressan/Cezar Park e Concórdia, temporariamente desativadas, e as do Cosmos e do Panorama, que atendem exclusivamente pacientes com sintomas de Covid-19.

Fonte: Assessoria



Postar um comentário

Obrigado!

Postagem Anterior Próxima Postagem
close