original

Bora Trabalhar? Jovens participam de palestra no CJU do Jardim Europa

Foto de: Reprodução

Com apoio da unidade local da Agência do Trabalhador, a Secretaria Municipal da Juventude, promoveu na tarde desta quarta-feira (19), no auditório do Centro da Juventude (CJU) Marcio Antônio Bombardelli, no Jardim Europa, a palestra “Bora Trabalhar?”. O assunto foi abordado sob vários pontos de vista: o psicólogo do CJU Mariana Luiza von Borstel (Coopagro), Rodrigo Assufi Dallanol, falou sobre políticas públicas; o gerente da Agência do Trabalhador, Rodrigo Souza e o analista em administração e planejamento da Prefeitura de Toledo, Rafael Gustavo Cavalli, compartilharam dicas sobre situações que favorecem a inserção no mercado de trabalho, como elaborar um bom currículo e comportar-se de forma adequada em uma entrevista de emprego. 

Continue a leitura depois do anuncio.

O evento contou ainda com o depoimento de Thaís Cristina Coelho, bacharel em Direito com 23 anos de idade que ingressou aos 15 no mercado de trabalho na condição de jovem aprendiz. A partir de então, foi aproveitando as oportunidades que apareceram até ocupar atualmente o cargo de assistente administrativa em um escritório de advocacia. “Foram experiências que me fizeram ser a pessoa que sou hoje, pois pude atuar em diversas áreas e trabalhar com pessoas de perfis muito variados. Vejo como isso foi importante para que, na condição de futura advogada, eu possa ter maior domínio para atender bem os meus clientes, entender de fato a vida que cada um deles têm”, relata.

A secretária da Juventude, Jennifer Teixeira, observa que esta palestra integra o Bora Lá, programa multisetorial do governo municipal voltado para cidadãos com idade entre 12 e 29 anos. “Os direitos ao trabalho, à profissionalização e à renda estão entre os mais buscados pela juventude e hoje nosso município está em busca de meios para qualificá-lo para o mercado laboral. Neste sentido, conversamos com as empresas e, por meio de um brainstorming, ouvimos dos empregadores sugestões para aperfeiçoar as políticas públicas nesta área a fim de que mais jovens sejam contratados de maneira efetiva, com uma segurança maior”, relata. “Temos algumas parcerias, como a com o Instituto Sicoob, que oferece cursos gratuitos pela internet, mas temos a ideia de trabalhar com o jovem aprendiz, incentivar as empresas e ofertar suporte de alguma maneira através de um programa municipal instituído por lei para que estas empresas consigam contratar o jovem e para que este consiga se manter no trabalho”, pontua. 

Fonte: Assessoria



Postar um comentário

Obrigado!

Postagem Anterior Próxima Postagem
close