original

Adolescente de 13 anos está grávida de trigêmeos no interior do Paraná

Foto de: Ilustrativa

Autoridades de Saúde e da rede de assistência a Criança e ao Adolescente de Luiziana estão acompanhando um caso de gravidez de trigêmeos em uma menina de 13 anos. Trata-se de um caso raro, tanto pelo número de bebês em uma só gestação quanto pela idade da mãe. A gravidez, de pouco mais de um mês, é considerada de risco.

O caso também é acompanhado pela Vara da Família da comarca de Campo Mourão, que abrange Luiziana, já que pela legislação brasileira a relação sexual com adolescente, mesmo com consentimento, é considerada estupro de vulnerável. “Estamos acompanhando mas por enquanto não temos maiores informações”, disse o promotor Luciano Rahal.


Continue a leitura depois do anuncio.

O assunto, por sua natureza, é tratado com muito cuidado por toda a rede de assistência para preservar a família envolvida. Por isso o Conselho Tutelar de Luiziana não informou sequer se a menina mora com os pais ou com o cônjuge. O assunto foi citado em reportagem da RPC, que ouviu o médico ginecologista Mateus Saragiotto. Ele explicou que nessa faixa etária há fatores, como parto prematuro e que a garota necessita ser acompanhada por uma rede de apoio especializada.

Mãe adolescente
Também em Luiziana outra situação veio à tona no início deste ano, quando uma menina de 11 anos deu à luz. O bebê já está com três meses. O pai seria o próprio avô, de 50 anos, que está preso. O homem, que teria ficado sem renda por conta da pandemia, veio morar com a filha e teria abusado da neta.

Continua depois da publicidade








Fonte: Tribuna do Interior



Postar um comentário

Obrigado!

Postagem Anterior Próxima Postagem
close