A fila para cirurgias de catarata e consultas ortopédicas em Toledo começa a diminuir

Foto de: Reprodução

Após meses de espera, dezenas de pacientes de Toledo que precisam passar por cirurgia de catarata ou de retorno de consultas com ortopedista poderão, enfim, dar continuidade ao tratamento. Com apoio do Consórcio Intermunicipal de Saúde Costa Oeste (Ciscopar), o governo municipal, por meio da Central de Especialidades, vai conseguir reduzir a fila para estes procedimentos.

No início do ano havia 410 pacientes elegíveis para remoção da catarata e/ou pterígio. Destes, 260 já passaram por consulta oftalmológica e exames pré-operatórios e, até agora, 93 deles já estão com a cirurgia marcada para os dias 19 e 23 de abril na Hoftalmed Cristalink Clínica Médica Ltda, totalizando 181 procedimentos - muitas pessoas necessitam de intervenção nos dois olhos. “Nossa intenção é acabar com as filas de espera para catarata e pterígio. Portanto, os mutirões seguirão acontecendo mês a mês. Numa primeira etapa, realizamos as consultas e exames. Agora, estamos agendando as cirurgias. Concomitantemente, agendaremos mais uma etapa de consultas e exames, e em seguida, mais cirurgias. A intenção é zerar essas filas”, destaca a diretora da Rede de Atenção Especializada, Kathieli Nascimento.

Continue a leitura depois do anuncio.

A diretora destaca que as demais pessoas da fila serão operadas em prestadores que serão selecionados de forma isonômica pelo Ciscopar, o que ainda não é possível neste momento. “A Central de Especialidades preza pela igualdade entre os prestadores da Ciscopar e sempre tentamos contemplar a todos que nos atendem. Porém, neste momento, tivemos que optar, pela segurança dos pacientes, em realizar nossos procedimentos em Toledo devido à pandemia de Covid-19. Dessa forma, torna-se arriscado enviar nossos pacientes, em sua maioria idosos, dentro de ônibus ou vans para deslocamentos fora da cidade”, observa.

Formada por 240 pessoas, a fila de espera para retornos de consultas ortopédicas, causada pelo afastamento do médico especialista nesta área, será reduzida por meio de mutirão de agendamentos para consultas que serão realizadas em quatro sábados na sede do Ciscopar. A ação, coordenada pelo gerente do Centro Regional de Especialidades (CRE), enfermeiro João Vieira, inicia-se neste sábado (17) e seguirá nos dias 24/4, 8/5 e 15/5.

A Central de Especialidades orienta que as unidades de saúde que atendem pessoas que estão nessa fila siga alguns procedimentos: garantia de contato e de entrega das guias por meio de protocolo de recebimento, realização de raio-X conforme agendamento com retirada de laudo antes da consulta, comparecimento do paciente somente no horário agendado a fim de evitar aglomerações e informação para o órgão de que não foi possível entrar em contato com alguém que estava na lista de espera para que seja providenciada substituição.

A secretária de Saúde, Gabriela Kucharski, pede para que os pacientes que aguardam cirurgia de catarata ou consulta de retorno ao ortopedista mantenham seus dados atualizados junto à unidade de saúde mais próxima de sua residência. “Queremos dar celeridade na realização destes procedimentos e pedimos que este público atenda o telefone quando a equipe da Central de Especialidades entrar em contato. Caso tenha mudado de número ou de endereço, que vá à UBS e informe a alteração”, recomenda. 

Fonte: Assessoria




Postagem Anterior Próxima Postagem