Ultimas Notícias

ITAIPU E EXÉRCITO FIRMAM PARCERIA PARA REFORÇAR SEGURANÇA NO RESERVATÓRIO

Fotos: Rubens Fraulini


Redação:
"A Itaipu Binacional e o Exército Brasileiro, por intermédio do Comando Militar do Sul, firmaram, na manhã desta quarta-feira (16), um acordo de cooperação para reforçar o patrulhamento da área do reservatório e de suas margens, em operações de prevenção e repressão a crimes transfronteiriços e ambientais, na região de fronteira entre o Brasil e o Paraguai.

A assinatura contou com a presença do diretor administrativo da binacional, almirante Paulo Roberto da Silva Xavier (representando o diretor-geral brasileiro, general Joaquim Silva e Luna); do diretor de Coordenação, general Luiz Felipe Carbonell; do comandante militar da Região Sul, general de Exército Valério Stumpf Trindade; do comandante da 5ª Divisão de Exército, general Carlos José Russo Assumpção Penteado, e do comandante da 15ª Brigada de Infantaria, general Cláudio Henrique da Silva Plácido, entre outras autoridades.

“Itaipu é uma estrutura crítica para o Brasil e a região é extremamente importante para a geopolítica nacional. Por isso, Itaipu precisa dessa cooperação com o Exército. E, também, é uma forma de colaborar com o Comando Militar do Sul em sua missão, que é zelar pela segurança do Sul do nosso País”, afirmou o almirante Paulo Roberto.

O comandante militar do Sul também destacou a relevância do acordo para ambas as instituições. “Este é um momento que reforça o compromisso do Exército Brasileiro e do Comando Militar do Sul com a Itaipu Binacional. Temos que estar juntos para que as iniciativas de segurança funcionem e deem certo. Vai trazer benefícios mútuos para todos e temos certeza que, a partir desta parceria, ainda vamos avançar em outras áreas”, afirmou.

Um dos principais aspectos da parceria é o apoio logístico e de manutenção das quatro lanchas Guardian que a 15ª Cia. de Infantaria Motorizada opera a partir de sua base de Guaíra. Como a ideia é reforçar o patrulhamento, isso irá exigir mais dos equipamentos.

“Esse acordo vai potencializar nossa capacidade de fazer o patrulhamento fluvial, vai permitir uma presença mais incisiva, com maior longevidade e com mais constância”, afirmou o general Plácido, comandante da 15ª Brigada, com sede em Cascavel, reforçando que essas operações complementam a atuação de outras forças de segurança que atuam na região de fronteira, como a Marinha, a Polícia Federal e o BPFron (Polícia Militar).


O superintendente de Segurança Empresarial da Itaipu, coronel Alfredo Santos Taranto, destacou que a área de segurança da Itaipu tem forte atuação na usina, mas que, na área do reservatório, que se estende por 170 quilômetros em linha reta até Guaíra, ela não tem poder de policiamento. “Então, reforçar a segurança nessa área é de interesse não apenas do País, mas também da Itaipu”, concluiu.".


Fonte: Toledo News


+FOTOS AQUI
Fotos: Adicionar Direitos